Bolsonaro pode definir hoje Reforma da Previdência após reunião

Hoje é o primeiro dia de agenda oficial do presidente Jair Bolsonaro em Brasília após receber alta médica

Hoje é o primeiro dia de agenda oficial do presidente Jair Bolsonaro em Brasília após receber alta médica. Foram 17 dias de internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O presidente se encontrou, pela manhã, com três ministros. Entre eles, o chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Também visitou o presidente nesta manhã o ministro Augusto Heleno, da Gabinete de Seguranca Institucional.

Todos entraram e saíram do Palácio da Alvorada sem falar com a imprensa.

A última agenda do presidente foi com o deputado Major Vitor Hugo, do PSL de Goiás, líder do governo na Câmara. O deputado é o responsável por ser o porta-voz do Executivo dentro da Casa.

Ainda neste primeiro dia de atividades em Brasília após a cirurgia, Bolsonaro vai se reunir no Palácio da Alvorada com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, às 15h.

A pauta é a Reforma da Previdência. Onyx antecipou que Bolsonaro deve bater o martelo sobre as regras nesta quinta-feira (14), como idade mínima ou regras de transição. Ainda segundo Onyx, a reforma deve chegar ao Congresso antes do Carnaval, se possível, na próxima semana.

Sobre as mudanças na aposentadoria de militares e policiais, o presidente disse em entrevista exclusiva à TV Record, divulgada na noite de ontem, que este ponto deve ficar para um segundo momento.

O orçamento federal prevê um déficit de R$ 139 bilhões para este ano. E a Reforma da Previdência é a principal aposta da equipe econômica para reverter o saldo negativo das contas públicas.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *