Hospitais de Campanha já estão prontos para funcionamento

Leitos ficam disponíveis caso haja lotação das unidades hospitalares

Os hospitais de campanha do Ginásio Falcão (Bairro Mirim) e do Ginásio Rodrigão (Tupi) já estão prontos para funcionar. Camas, poltronas, cadeiras de rodas, mesas, cilindros de oxigênio e todo o material necessário para o funcionamento dos 188 leitos (100 no Falcão e 88 no Rodrigão) já foram instalados.

As duas unidades não terão portas abertas para o fluxo da população que deverá continuar buscando atendimentos nos três prontos-socorros da Cidade: a UPA Samambaia, o PS Quietude e a Porta de Entrada do Hospital Irmã Dulce (PS Central).

Os hospitais de campanha vão funcionar de acordo com o fluxo de internações dos casos moderados de coronavírus, o Covid-19. Eles servirão de apoio ao Hospital Irmã Dulce e prontos-socorros, caso os leitos desses locais se esgotem. “Quando for o caso, os pacientes serão encaminhados pelas unidades hospitalares, caso não haja mais leitos disponíveis”, explica o secretário de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira.

Ele explica ainda que equipes de profissionais para atuar nesses equipamentos também já se encontram preparadas, caso seja necessário acioná-las. “Algumas equipes serão remanejadas e outras contratadas. Já estão todos preparados para quando for necessário entrarem em ação nos hospitais de campanha”, concluiu.

Postos de Acolhimento – Já estão em funcionamento os dois Postos de Acolhimento para casos suspeitos de Covid-19, montados na UPA Samambaia e na Porta de Entrada do Hospital Irmã Dulce. Os pacientes serão triados nas duas estruturas montadas na frente das unidades. A partir deste momento, ocorrerá o encaminhamento para os consultórios específicos relacionados à patologia constatada.

“Essas estruturas terão papel fundamental para evitar a chamada contaminação cruzada dentro das unidades. Os espaços estruturados beneficiam os pacientes e também os profissionais da Saúde que estão na linha de frente desses atendimentos. A Prefeitura de Praia Grande está trabalhando intensamente na prevenção e combate ao Covid-19”, completou o secretário.

Hospital para síndromes respiratórias – Já está em funcionamento, desde o início de abril, a unidade anexa ao pronto-socorro Quietude, que conta com uma estrutura diferenciada. O Hospital para atendimentos específicos de casos de síndromes gripais e respiratórias dispõe de alas adulta e infantil, salas de medicação, soroterapia, observação, além de consultórios e ampla sala de recepção. Outro destaque é que o local possui área para raio-x, o que agiliza a entrega de resultados desse exame para um diagnóstico mais preciso dos médicos. Uma unidade semi-intensiva, destinada a cuidados intensos, também integra o equipamento.

162 – Em Praia Grande, os telefones 162 e 3495-2281 estão realizando o atendimento de triagem e enfrentamento ao coronavírus. O novo serviço ocorre diariamente, das 8 às 22 horas, por equipe multidisciplinar da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da Cidade, composta por médicos, enfermeiros e outros profissionais do setor.

Por telefone qualquer pessoa da Cidade pode explicar sua condição de saúde para uma identificação e classificação de risco de contágio do coronavírus. Os profissionais aplicam o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde no aplicativo Coronavírus-SUS. A pessoa identificada como suspeita é agendada já no atendimento telefônico para consulta na Usafa de seu bairro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: