Mais de 31 mil alunos de Praia Grande recebem kits de alimentação escolar a partir de terça (27)

Etapa atual apresenta crescimento de 19% de interessados em comparação a anterior

A partir de terça-feira (27), a Secretaria de Educação (Seduc) inicia a distribuição dos kits de alimentação escolar. Nesta etapa, a pasta municipal beneficiará 31.322 alunos cujas famílias se encontram em vulnerabilidade social, por conta da pandemia do Coronavírus (Covid-19). O número representa um crescimento de 19% se comparado com a quantidade de inscritos no mês de março, que foi de 26.310 contemplados.

Para esta etapa, a novidade ficou pelo formato em que ocorreram as inscrições de novos alunos que necessitam dos kits de alimentação escolar. Por conta da suspensão do atendimento presencial, pelo fato de Praia Grande estar primeiro em lockdown e, depois, na fase emergencial, os cadastros foram realizados de forma virtual. Pais e responsáveis puderam acessar um link, disponibilizado pela Seduc, para efetuar o cadastro.

Somando todas as etapas realizadas, desde março do ano passado, a Secretaria de Educação já superou a marca de 300 mil kits de alimentação escolar distribuídos, totalizando, exatamente, 315.763. Nesta edição de abril, o número de contemplados (31.311 estudantes) chega próximo a maior marca de estudantes beneficiados que foi em dezembro de 2020, quando 31.416 famílias receberam os mantimentos.

Os mantimentos utilizados para montar os kits de alimentação escolar são produtos que comporiam a merenda dos alunos caso a rotina de aulas presenciais estivesse ocorrendo. Assim como nas últimas etapas, nesta edição, além de produtos não perecíveis e carne, os contemplados recebem ainda componentes de hortifrúti previamente embalados.

Entregues com objetivo de auxiliar as famílias, os kits são montados para atender à necessidade dos alunos. Por isso, ocorre a variação dos produtos doados a cada nova etapa de distribuição. Fazem parte dos itens fornecidos alimentos perecíveis, assim como aqueles com data de validade estipulada para os próximos meses e demais itens.

Com a distribuição, a pasta municipal tem papel importante na garantia da alimentação dos alunos em vulnerabilidade social. Devido às questões familiares, antes mesmo do período pandêmico, algumas crianças aproveitavam a refeição oferecida nas escolas municipais para suprir a necessidade nutricional recomendada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *