Manchas de sol na pele: o que fazer para evitar e como tratar?

Entenda como é possível tratar as manchas causadas pelo verão

Quem tem manchas de sol sabe que, no verão, os cuidados com a pele precisam ser redobrados para evitar problemas. Essas manchas são causadas pelos hormônios do nosso corpo que ativam o melanócito e dão à pele uma coloração diferente, devido a exposição solar, e sem os devidos cuidados elas podem se tornar melasmas.

“A luz do sol ativa o melanócito – célula que produz a melanina -, assim fazendo um mancha na pele. O melasma
nada mais é do que a difusão do melanócito, que acaba produzindo mais coloração do que deveria”, explicou a biomédica esteta Adriana Lima.
 
Como prevenir e proteger as manchas de sol?
Os cuidados para prevenção de proteção são os mesmos. De acordo com a biomédica esteta Adriana Lima, os cuidados servem para proteger e evitar o aumento das manchas para quem já possui, e para evitar a aparição das manchas.

“O protetor solar é indispensável, principalmente para quem adquiriu o melasma por conta da exposição aos raios solares. O produto deve ser aplicado e reaplicado durante a exposição ao sol, seja na praia, piscina ou simplesmente durante as caminhadas à luz do dia. O filtro solar deve ter um fator mínimo de 30, mas os filtros com FPS 50 e 70 são ainda mais vantajosos.”

Além dessa dica super importante, a biomédica Adriana também explicou que para quem já tem manchas de sol no rosto, o creme hidratante é indispensável pois ele evita o aspecto envelhecido da pele e previne a descamação. Os cremes clareadores também são permitidos, eles ajudam a eliminar as manchas da pele e são grandes aliados para quem deseja cuidar das manchas em casa, sem nenhum tratamento estético.

“Apesar de existir cremes que podem ser usados por conta própria, o ideal para quem possui manchas, é procurar um especialista no assunto para saber se a mancha não é um melasma e também para entender quais são os cuidados para o seu tipo de pele e se há a necessidade de realizar algum tratamento profissional”, detalhou Adriana.

Qual é o tratamento ideal?
Existem técnicas mais potentes para acabar com cada uma das manchinhas providas. O peeling químico é a técnica mais indicada pela biomédica Adriana Lima.

“O peeling químico é feito com ácido retinoico ou feito à base de ácido tricloroacético. Esse tipo de tratamento é superficial, levando à remoção somente da camada superficial da pele com acúmulo de pigmento. Além disso, o peeling estimula a renovação celular e a produção de colágeno. O ideal é realizar em média, 4 sessões.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: