Vialaser aposta em expansão e tecnologia exclusiva e amplia sua participação no mercado de estética

Rede de depilação registra aumento de vendas em 2020 e também pretende dobrar o número de unidades até o final deste ano

A Vialaser, uma das maiores redes de depilação do País, iniciou seu processo de expansão em 2019, e nem mesmo o cenário desfavorável imposto pela pandemia fez com que a empresa recuasse em 2020. No ano passado, inaugurou as primeiras unidades no Rio de Janeiro, também chegou ao Maranhão, ampliou para 30 o número de lojas em São Paulo (até 2019 foram seis aberturas), além de iniciar sua operação no Paraguai, com três unidades. Ao todo, foram 32 inaugurações, considerando Brasil e Paraguai.

Entre 2011, ano em que a Vialaser iniciou sua operação, e 2018, foram conquistadas 23 unidades, de maneira orgânica, na Região Sul, onde a rede se consolidou rapidamente, tornando-se referência em depilação a laser. Para ampliar sua participação no mercado de beleza e estética, a empresa também investiu cerca de R$ 40 milhões em uma nova tecnologia, que chegou de maneira exclusiva ao Brasil. 

“Antes de atualizar nosso parque de máquinas, pesquisamos bastante sobre os lasers já presentes no mercado mundial. Investimos em uma tecnologia que está totalmente alinhada aos nossos objetivos: atender todas as pessoas que desejam eliminar os pelos indesejados, oferecer a melhor experiência e proporcionar os melhores resultados, de maneira definitiva e menos incômoda possível”, afirma Kessey Lima, sócia-fundadora da Vialaser. 

A máquina utilizada pela Vialaser une os dois principais lasers do segmento, o alexandrite e o Nd-YAG, para uma aplicação simultânea, que abrange mais fototipos, incluindo pele negra, e torna a experiência mais rápida e agradável, além de oferecer resultados mais satisfatórios. 

Para se manter em um ano tão desafiador quanto 2020, a empresa viu a necessidade de investir em tecnologia em outros âmbitos. Enquanto as unidades estavam fechadas, a Vialaser realizou vendas antecipadas pelo e-commerce e WhatsApp, utilizou chatbots e aprimorou outras ferramentas. 

Com a reabertura do comércio, de acordo com as regras de cada região, as unidades receberam os clientes que compraram os serviços de depilação nesse período, sempre reforçando as medidas de higiene. As vendas também se aqueceram e, diante desse contexto, o crescimento foi de 53% em relação a 2019. 

“Este ano também será muito desafiador, mas estamos confiantes em relação aos nossos objetivos. Apesar de ter sido um período difícil, com a chegada da pandemia, conseguimos nos reinventar e continuar crescendo em 2020”, afirma Kilmer Lima, sócio-fundador da Vialaser. “Oferecemos o que há de mais moderno e inovador em termos de tecnologia, e temos uma equipe engajada em todas as nossas frentes de atuação. Com certeza, estamos preparados para aumentar ainda mais nossa participação no mercado”, completa.  

Neste ano, a rede pretende ampliar ainda mais sua participação no mercado, com o modelo de franquias. A Vialaser estima aumentar em mais de 100% o atual número de unidades até o final do ano, das quais 50% por meio dos franqueados. Já no primeiro trimestre, a expectativa é de a empresa abrir mais unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e no Maranhão. A expectativa é de manter o ritmo de crescimento do ano passado. 

Sobre a Vialaser Depilação 

Criada em 2011, em Criciúma (SC), a marca se fortaleceu na Região Sul e logo se tornou referência em depilação a laser nos Estados da região. Em 2019, iniciou sua expansão para outras regiões, e também chegou ao Paraguai. Hoje a rede Vialaser Depilação possui mais de 100 clínicas no Brasil, quatro no Paraguai e realiza em média 38 mil atendimentos por mês. Conta com forte plano de expansão e estima faturar R$1 bilhão até 2024. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: