1win kazino glory-casino pin-up 1win pin-up pin-up
Itanhaém

Itanhaém oferece medicamento gratuito para combater Esporotricose em gatos

BEM- ESTAR ANIMAL – Em parceria com o Instituto Saúde Animal, a Administração Municipal tem acompanhado e monitorado também os gatos de rua do município com sintomas da doença. Desde 2023, a parceria já resultou no resgate de 42 gatos com esporotricose.

A Prefeitura de Itanhaém, por meio do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal, iniciou à distribuição gratuita do medicamento Itraconazol para o tratamento da Esporotricose em gatos. A iniciativa visa combater a zoonose que afeta tanto animais quanto seres humanos, com maior incidência em felinos.

A partir desta segunda-feira (29), tutores de gatos com Esporotricose poderão retirar o medicamento gratuitamente no Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal, localizado na Avenida Washington Luiz, 75, Centro – Bloco 3 – Sala 42. O atendimento será de segunda a sexta-feira, das 10 às 15 horas.

Para ter acesso ao medicamento, é necessário apresentar o documento com foto do responsável pelo animal, uma receita médica recente emitida por um médico veterinário, contendo o nome do animal, a dose indicada para o tratamento e a assinatura do veterinário com o registro profissional (CRMV). Além disso, é necessário fornecer um encaminhamento do médico veterinário solicitando a medicação e informando que está acompanhando o tratamento. Este deve ter data recente, assinatura do médico veterinário e o registro profissional (CRMV).

É importante ressaltar que o animal deve permanecer domiciliado durante o tratamento sob a responsabilidade do tutor que retirar o medicamento.

O Itraconazol é fornecido apenas para tratamento de animais domésticos, exclusivamente para a Esporotricose. Para o tratamento em humanos, o medicamento é disponibilizado pelo SUS.

Para dúvidas ou mais informações, os interessados devem entrar em contato com o Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal pelo telefone (13) 3421-1600 – Ramal 1608, ou ainda pelo e-mail [email protected]

Sobre a Esporotricose

A Esporotricose é uma zoonose causada por fungo, comumente encontrado no solo associado a restos vegetais. Afeta tanto seres humanos quanto animais, especialmente gatos.

Os felinos contraem a doença ao enterrar fezes em ambientes contaminados ou ao afiar suas unhas em madeiras infectadas pelo fungo. A transmissão também pode ocorrer por meio de mordeduras e arranhaduras de outros animais doentes.

Seres humanos podem se infectar ao manusear gatos doentes ou ao entrar em contato com terra, palha, madeira e espinhos contaminados.

Sintomas

Em felinos – Aparecimento de feridas cutâneas, principalmente no focinho, cabeça e membros;

Lesões começam como pequenos nódulos indolores e evoluem rapidamente para feridas ulceradas, acompanhadas de secreções.

Em seres humanos – Lesões iniciam-se como pequenos nódulos vermelhos que podem se transformar em feridas;

Existem diferentes formas clínicas da doença, desde a cutânea até a disseminada, afetando diferentes partes do corpo.

Prevenção

– Use luvas no manejo de animais doentes e na manipulação da terra.

– Faça a higienização adequada do ambiente e objetos suspeitos de contaminação.

– Mantenha animais domésticos em ambientes controlados.

– O abandono de animais é crime.

Gatos de rua
O Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal junto ao Instituto Saúde Animal tem acompanhado e monitorado os gatos de rua do município com sintomas da doença. Desde 2023, a parceria já resultou no resgate de 42 gatos com esporotricose.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1win mexico