1win kazino glory-casino pin-up 1win pin-up pin-up
Empresas e Negócios

Descubra doenças fora do convencional que estão relacionadas à má higiene bucal

Diferente do que muitos pensam, os hábitos com a higiene bucal não impactam somente a boca; tecnologia do oxigênio ativo é o novo avanço na odontologia

A boca naturalmente abriga uma colônia de bactérias que são fundamentais para o início do processo de digestão dos alimentos. Você provavelmente já sabe que a ausência de cuidados nesta região pode gerar problemas bucais, como: cárie e gengivite. Contudo, existem diversas doenças fora do convencional que também podem ser associadas à má higiene bucal, portanto, é preciso se atentar.

O termo “Saúde Bucal” é definido pela Federação Dentária Internacional (FDI) como: a capacidade de sorrir, falar, saborear e ingerir alimentos, além da transmissão de emoções que utilizam as expressões faciais. A partir da definição geral, conseguimos compreender que a saúde bucal não diz respeito somente à aparência dos dentes como muitos pensam, mas na verdade está relacionada com questões de bem-estar, autoestima e o correto funcionamento do metabolismo.

Em decorrência de procedimentos cirúrgicos, infecções ou até mesmo da falta de cuidados bucais, algumas bactérias que se alojam na superfície dos dentes, nas próteses ou na própria mucosa, podem chegar à corrente sanguínea. Para comprovar a importância do assunto, separamos alguns problemas de saúde – para além dos mais comuns – que também estão relacionados à uma má higiene bucal e apostamos que você não fazia ideia da conexão entre eles:

  1. Endocardite Bacteriana: Em nossa boca, existem diversas bactérias essenciais para a proteção, o bom funcionamento e a digestão. Contudo, em decorrência de limpezas incorretas da cavidade bucal, uma bactéria conhecida como Staphylococcus aureus, pode invadir outros tecidos, chegar à corrente sanguínea e parar no coração, afetando o funcionamento do órgão vital. 
  2. Parto Prematuro: As citocinas das doenças periodontais estão sendo cada vez mais associadas pelos estudiosos com algumas complicações gestacionais, entre elas: o parto prematuro, a alta frequência de náuseas e enjoos e as alterações hormonais, e nos alertam sobre a importância das gestantes cultivarem boas práticas de higiene bucal para evitar estes e outros problemas. 
  3. Diabetes: O acúmulo da glicose no sangue causado pela diabetes facilita a proliferação de bactérias, o que pode aumentar a formação de placas bacterianas nos dentes, que por sua vez irão produzir ácidos que prejudicam o esmalte dentário e aumenta as chances de cáries e outros problemas.

Inovação em produtos para a saúde bucal


O oxigênio ativo como principal componente para o tratamento e uso contínuo para a saúde bucal tornou-se referência no mercado. “O oxigênio ativo trata-se de um avanço significativo na odontologia. Sua tecnologia proporciona um tempo recorde de ação e recuperação, além de contribuir para um ambiente oral saudável ao eliminar bactérias anaeróbicas e promover uma cicatrização mais rápida”, conta William Oliveira, diretor de novos negócios da Bluem Brasil – empresa oral care pioneira nesta tecnologia no Brasil e no mundo.

A marca nasceu na Holanda e expandiu as fronteiras pensando em beneficiar a saúde e o bem-estar de todo o mundo. Um brasileiro, Eduardo Delage, foi o responsável por trazer a marca e a tecnologia ao Brasil há 8 anos. 

Diante de muito estudo e a escassez de protocolos seguros e cuidados que trazem bem-estar instantâneo e a longo prazo, fez com que Eduardo buscasse maneiras de trazer ao Brasil, tecnologias diferenciadas que já havia conhecido no exterior. “Passei anos em minhas viagens de negócios e especializações conhecendo os mais diversos produtos e tecnologias do mercado. A Holanda foi o meu polo principal. Nessa busca, eu mesmo decidi importar essa inovação para o Brasil,” conta o CEO.

Os produtos com oxigênio em sua formulação vão de gel dental, fluído oral e outros itens direcionados a tratamento e pós-cirúrgico. “Os produtos servem a todos os públicos e não possui nenhuma contraindicação. Há o uso desde o cotidiano até a pacientes oncológicos, ou mesmo, pacientes idosos acamados e em recuperação que necessitam de auxílio com o cuidado bucal,” acrescenta Eduardo que é cirurgião dentista por formação e usa seu conhecimento como validação dos produtos utilizados.

Além disso é indispensável a escolha adequada das escovas de dentes. Procure uma escova com cerdas de maciez indicada e que tenha o tamanho adequado para a idade e tamanho da boca.

O uso de fio dental também é indispensável e precisa fazer parte da rotina diária, pois alcança lugares onde a escova não consegue chegar. 

Por meio de uma escovação correta e do uso de produtos adequados, é possível evitar problemas como cáries, tártaro, mau hálito, gengivite e o desenvolvimento de doenças como a endocardite bacteriana.

“A Saúde Bucal, assim como a física e a mental, tem influência direta em vários aspectos do dia a dia, como a fala, a mastigação, a autoestima e a qualidade de vida. A melhor forma de manter a saúde da boca em dia é criar hábitos de higiene bucal”, finaliza William Oliveira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1win mexico