Arcos Dorados promove inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, 21/9, companhia destaca seu compromisso com a diversidade e com um ambiente de trabalho seguro e respeitoso para todos

Reconhecida como uma das maiores geradoras de primeiro emprego no Brasil, a Arcos Dorados, franquia responsável pela operação do McDonald’s em 20 mercados da América Latina e do Caribe, traz entre seus pilares de atuação ESG, a inclusão social e empregabilidade e reforça a importância da conscientização sobre a igualdade de direitos e oportunidades para as pessoas com deficiência. Por isso, no Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado em 21 de setembro, a companhia destaca seu compromisso com a diversidade e com um ambiente de trabalho seguro e respeitoso para que todas as pessoas possam alcançar seu máximo potencial.

Dentre as suas principais políticas de inclusão está a contratação de pessoas com deficiência. A empresa não exige experiência anterior e investe, anualmente, R$ 40 milhões em treinamento e capacitação dos seus profissionais, sejam eles pessoas com deficiência ou não. Atualmente, a rede emprega cerca de 1.500 funcionários com diversos tipos de deficiências em seus restaurantes por todo o Brasil.

No Brasil, pelo menos 45 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência, segundo dados levantados em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), porém apenas 486 mil Pessoas com Deficiência possuem empregos formais, de acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2018. Nesse cenário, enquanto 25% da população possui algum tipo de deficiência, apenas 1% está inserida no mercado de trabalho.

Kevin Eduardo Peixoto, 22 anos, começou a trabalhar no McDonald´s do Shopping Mueller, restaurante franqueado em Curitiba, em maio de 2017. Ele possui um Transtorno Global do Desenvolvimento que pode gerar variações de humor repentinas. A Consultora de Operações, Maria Ester Miranda, relata que foi necessária uma adaptação da equipe para saber lidar com a condição do colega, mas uma vez que todos foram orientados corretamente, a convivência sempre foi excelente.

“Ele tem muita facilidade com o público, por isso é um atendente muito querido dos clientes”, revela a Consultora que viu o jovem evoluir à medida que ganhava confiança e autoestima com o novo emprego. “Depois que ele começou a trabalhar com a gente, voltou a estudar, fez novos amigos e traz até sua irmã mais nova para passear no shopping, coisas que antes não tinha segurança de fazer”, conta Ester.

Cursando administração de empresas, Kevin não poderia estar mais satisfeito com a sua trajetória profissional. “Eu adoro trabalhar no McDonald’s e sempre fico de olho quando visito outro restaurante para ver se estão seguindo todos os protocolos de atendimento. Quero me especializar mais na área de administração e crescer dentro da companhia”, conta animado.

Rede está com vagas abertas

Atualmente, os restaurantes do McDonald’s estão com vagas abertas em todo o Brasil. A Arcos Dorados, que tem como um de seus pilares de atuação a inclusão, é pioneira na empregabilidade de pessoas com deficiência, com um programa de contratação que foi criado mesmo antes da Lei de Inclusão Social ser aprovada em 2004. Ao ingressar na companhia, as pessoas com deficiência recebem um olhar individualizado e possuem treinamentos adaptados pensados para a sua segurança. Não existe tempo limite para a aprendizagem ou cobrança para que aprendam a atuar em todas as estações de trabalho. Durante a execução do programa de treinamento, são observadas em quais funções a pessoa tem mais habilidade e, portanto, em quais poderá melhor se desenvolver. Os interessados podem se inscrever através do link: https://jobs.kenoby.com/mcdonalds

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *