Hospital Regional em Itanhaém terá mais leitos dedicados ao COVID-19

MAIS LEITOS – Os leitos de UTI e de enfermaria serão ampliados e destinados exclusivamente para pacientes infectados pela COVID-19

A secretária de Saúde do Município, Dra. Guacira Nóbrega Barbi, esteve hoje (23) reunida com a diretora do Departamento Regional de Saúde (DRS-V) Paula Covas, e com o diretor do Hospital Regional Jorge Rossmann, Dr. Cezar Kabbach Prigenzi. Em um entendimento entre o Governo do Estado e o Município, o hospital redimensionará os leitos de UTI, passando dos atuais 11 para 20 no total, exclusivos para infectados pelo Coronavírus. Os leitos de enfermaria também passarão de 11 para 20.

O Hospital é a primeira referência para os pacientes infectados com o vírus na região do Litoral Sul. A segunda é o Hospital Vitória, em Santos.

Atualmente a ocupação é de 81% dos 11 leitos de UTI disponíveis e de mais de 97% de ocupação dos leitos de enfermaria.

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a sala de emergência, onde o paciente é estabilizado e aguarda a transferência, também já não há mais vagas. Com a mudança provisória do Pronto Atendimento Infantil 24 horas para o Centro de Especialidades Médicas de Itanhaém (CEMI), haverá um aumento nos leitos de enfermaria na UPA.

Em Itanhaém desde o início da pandemia, já foram registrados 141 óbitos e 3795 casos confirmados da COVID-19.

“Infelizmente o sistema de saúde está próximo de um colapso. Neste momento precisamos nos preocupar em diminuir os índices de contaminação”, ressalta a Dra. Guacira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *