Praia Grande terá moderno sistema de cadastro único habitacional

Cidade busca agilizar processos e evitar irregularidades no programa habitacional

A Prefeitura de Praia Grande terá, em breve, uma importante ferramenta para agilizar e dar ainda mais transparência no desenvolvimento dos programas municipais de habitação. Está na fase final de implantação o cadastro único habitacional. O sistema está sendo desenvolvido em parceria entre as secretarias de Habitação (Sehab) e de Planejamento (Seplan) praia-grandense.

A implantação da ferramenta foi tema de reunião realizada nesta quinta-feira (22), no Paço Municipal. Participaram do encontro a prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, os secretários municipais de Habitação, Anderson Mendes, a de Planejamento, Eliana Cristina Jerônimo Ferreira, além de técnicos das duas pastas.

Na prática, atualmente, a Sehab possui em funcionamento dois tipos de cadastros. O primeiro, voltado ao funcionamento dos Programas Habitacionais; o segundo, destinado exclusivamente aos atendimentos do setor de Regularização Fundiária. Desta forma, existe o risco de uma pessoa estar cadastrada nas duas frentes, o que é irregular. Tal situação pode causar transtornos e reduzir a agilidade dos processos.

“É preciso usar a tecnologia como ferramenta de trabalho. Só assim conseguiremos aprimorar os processos de trabalho e a oferta de serviços para os munícipes. O cadastro único habitacional da Sehab será um piloto para que a Seplan possa implantar este tipo de ferramenta em outras secretarias municipais”, comentou a prefeita de Praia Grande, Raquel Chini.

O cadastro único estará interligado também ao sistema GEOPG, que ilustra através de mapas de forma dinâmica os serviços e equipamentos públicos da Cidade. No caso da área da habitação, o geoprocessamento disponibilizará mapas atualizados com dados de todos os bairros, áreas de preservação ambiental e também as que foram invadidas.

“Com o Cadastro Único da Habitação vamos ter a possibilidade de cruzar os dados com uma simples pesquisa no computador. Assim, faremos com que não ocorram duplicidades de informações de pessoas cadastradas. A população é beneficiada com este novo sistema, já que será mais um fator importante para fazermos a chamada justiça habitacional, ou seja, conseguir destinar as unidades habitacionais para famílias que realmente precisam”, afirmou o titular da Sehab, Anderson Mendes.

O exitoso sistema praia-grandense será apresentado no workshop da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), marcado para o dia 4 de agosto. “Em uma reunião recente com a equipe técnica da Sabesp, o sistema foi bastante elogiado e a iniciativa de Praia Grande de criar este tipo de ferramenta também. Poucas cidades possuem este tipo de cadastro único”, analisou a titular da pasta de Planejamento, Eliana Cristina Jerônimo Ferreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.