1win kazino glory-casino pin-up 1win pin-up pin-up
Notícias Corporativas

Mês das Mães: como as marcas de cosméticos entregam produtos com qualidade

De acordo com a pesquisa da Opinion Box, 49% dos brasileiros que pretendem presentear suas mães no mês de maio compram produtos de beleza e cosméticos. Já outro levantamento, realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), também aponta que os perfumes e cosméticos estão como a segunda principal opção dos consumidores, atrás apenas de roupas, calçados ou acessórios.

Esse interesse reflete a importância desses itens como presentes, uma vez que oferecem uma ampla gama de opções para atender aos diferentes gostos e necessidades do público feminino. Porém, por trás das vendas, está uma complexa cadeia de eventos que permitem a chegada dos produtos aos seus destinos. Desde a concepção até a entrega, cada etapa requer precisão, planejamento e um intrincado equilíbrio de produção, programação e transporte, entregando produtos com qualidade e com o mínimo de perdas.

“O Mês das Mães é uma das épocas mais movimentadas para o setor de cosméticos, com os consumidores buscando presentes especiais para homenagear seus familiares. No entanto, essa demanda aumentada traz consigo uma série de desafios que as empresas do setor devem enfrentar para garantir que os produtos cheguem às mãos dos consumidores de maneira eficiente e oportuna”, explica Fabio Sas, sócio e diretor comercial da Linear Softwares Matemáticos, uma das principais empresas brasileiras de softwares voltados para a otimização de processos de supply chain.

Planejamento e demanda

De acordo com a pesquisa da empresa de consultoria McKinsey Global Institute, o mercado de beleza deve atingir cerca de US$ 580 bilhões até 2027, revelando o desafio das marcas de precisarem suprir o consumo acentuado em um mercado em expansão e que já possui vendas elevadas em outras épocas do ano.

No caso do Dia das Mães, o planejamento se inicia meses antes da data comemorativa, com as empresas analisando a demanda esperada levando em consideração uma série de fatores, como tendências de mercado, comportamento do consumidor e histórico de vendas.

Essa previsão é crucial para determinar a quantidade de produtos a serem produzidos, evitando tanto a escassez quanto o excesso de estoque. Devido à janela de produção limitada, são necessárias estratégias para maximizar a eficiência e garantir que os produtos estejam prontos para serem distribuídos, atendendo à demanda e proporcionando uma experiência satisfatória aos consumidores.

Vale lembrar que, diferentemente da Páscoa ou do Natal, por exemplo, datas em que os produtos principais são extremamente sazonais (ovo de chocolate e panetone), ter artigos não vendidos até a data do Dia das Mães não é algo tão punitivo, pois a grande maioria ainda pode ser comercializada após o período, seja com promoções ou descontos especiais.

“Porém, é claro que a programação rigorosa da produção ainda é essencial, evitando rupturas e quebras nas vendas devido a elevada demanda. Se o produto não está na prateleira, seja ela física ou digital, o consumidor compra outro. É simples. No final, isso é prejuízo para a marca, pois muito provavelmente ele irá procurar o artigo similar na concorrente e realizar a compra”, explica Fabio.

Alinhamento com estratégias de marketing

No setor de cosméticos e produtos de beleza, o alinhamento entre as estratégias de marketing e a gestão da cadeia de suprimentos desempenha um papel fundamental, especialmente durante períodos importantes, como o Mês das Mães. A categoria é conhecida por investir pesadamente em marketing devido à sua natureza altamente competitiva e à constante busca por atrair e reter clientes.

De acordo com o levantamento Digital AdSpend 2023, realizado pelo IAB Brasil, em parceria com a Kantar Ibope Media, o setor de higiene e beleza foi o terceiro que mais aumentou investimentos em marketing online no Brasil em 2023, um incremento de 42% ante o ano anterior. A edição de 2022 da pesquisa já havia apontado um aumento de 85% em relação a 2021.

Sendo assim, o planejamento também inclui as equipes de marketing analisando as tendências do mercado e as campanhas de publicidade planejadas para o mês. Essas informações são essenciais para que a equipe de cadeia de suprimentos possa prever com precisão quais produtos serão os mais populares e em que volumes. Com base na previsão, a gestão de estoque pode planejar antecipadamente a quantidade necessária de produtos para atender às expectativas dos consumidores.

Armazenamento e distribuição

Como as empresas não possuem capacidade de produção para atender toda a demanda de uma só vez, a produção deve começar muito tempo antes da data comemorativa. Isso traz novos desafios, pois essa grande quantidade de artigos deve ser armazenada de maneira correta, a fim de manter as características originais das mercadorias, mas também levando em conta a eficiência e produtividade.

Outro fator a ser levado em conta é que o setor de cosméticos geralmente oferece uma grande variedade de produtos. Gerenciar essa diversidade pode ser complicado, especialmente quando se trata de prever quais itens serão os mais populares. Além disso, muitos dos artigos do setor de cosméticos e beleza possuem baixa durabilidade, visto que o consumidor atual exige cada vez mais produtos naturais e sem conservantes químicos. Isso acaba influenciando tanto o tempo quanto a maneira de armazenar e transportá-los.

“Muitas vezes, em um país quente como o Brasil, os produtos devem ser estocados em armazéns climatizados, meses antes de chegarem às prateleiras. Além disso, as marcas devem planejar onde serão os locais para armazenar esses itens, levando em conta uma série de informações, como capacidade de atendimento, demanda, impostos e transporte”, explica o diretor.

Nesse sentido, soluções avançadas podem ajudar as marcas a superarem desafios complexos da cadeia de produção. Com uma ferramenta de planejamento diário de distribuição primária de produtos finais, é possível realizar todo o planejamento de abastecimento e composição de cargas, determinado pela demanda do mercado e pela produção fabril da empresa.

“Com os desafios impostos no gerenciamento da capacidade de produção e armazenamento, é fundamental buscar soluções inovadoras para otimizar os processos e garantir que os consumidores tenham acesso aos produtos no momento certo e com a qualidade desejada”, conclui Fabio.

1win mexico