Boletim Liga Brasileira de Free Fire 4 – Semana 6

A Semana 6 da LBFF 4 deu fim ao 2º turno da competição e foi marcado por várias reviravoltas na tabela. Entre elas, está a liderança dividida entre FURIA e LOUD, que segue à frente pelo critério de desempate (quantidade de BOOYAH!), e a evolução da RED Canids, que apostou em um jovem talento campeão do Majestades de Solo, da BOOYAH!, e entrou com a bola toda na última rodada, que movimentou bastante a parte de baixo da tabela.

Faltando seis rodadas para o final da LBFF 4, muita coisa está em aberto, principalmente no meio da tabela, já que praticamente todos os times ainda têm chances de ir para a grande final.

Veja tudo o que aconteceu:
No sábado (27), um dia equilibrado, que teve seis equipes gritando o BOOYAH!: Cruzeiro, SS, B4, GOD, META e LOUD. Nos destaques da rodada, apareceram Fluxo, B4 e Santos, que trouxeram uma proposta de jogo agressivo que funcionou muito bem. A equipe de Nobru foi a melhor com 74 pontos e 37 abates, tendo ainda o Syaz como o melhor jogador do dia com 16 eliminações.

B4 e Santos empataram com 67 pontos, mas o Peixe doutrinou nos abates: foram 35 no total, sendo 16 garantidos pelo Ruan. Quem brilhou nos abates também foi a Team Liquid, que fez 31 eliminações, sendo mvr! o destaque individual com 12.

A LOUD jogou muito bem na maioria das quedas e mesmo não aparecendo nos destaques, assumiu a liderança do campeonato. Vale pontuar mais um dia incrível do Kroonos, que segue inspirado na competição.

“A equipe da LOUD está voando, meu Deus do céu, Kroonos! Depois daquele final de semana parece que ele não vai mais parar de fazer eliminações”, exaltou Solotov.

No domingo (28), a RED despertou e surpreendeu todo mundo. Do Majestades do Solo para a Série A, MMHATX trouxe o que a Matilha precisava para acordar no campeonato e sair da zona de rebaixamento.

Com a entrada do novo jogador, a RED fez tríplice coroa e repetiu o feito da SS, que até então tinha sido a única equipe doutrinadora em 3 quedas consecutivas nos 3 mapas diferentes.

“A gente treinou intensamente essa semana, queríamos muito chegar aqui e arrebentar. Na final poderíamos ter feito mais, porém não deu tão certo assim”, comentou MMHATX.

Apesar de ter dominado na primeira metade do dia, o ritmo caiu e a RED voltou a cair cedo como antes. Nas 3 últimas quedas, FURIA, Team Liquid e Black Dragons fizeram o BOOYAH!.

Além da RED, que fez 73 pontos e 37 abates, Santos e FURIA também foram destaques. O Peixe fez os mesmos pontos da Matilha, mas somou três abates a menos. Os Panteras fizeram 58 pontos e 28 eliminações. O jogador Fon foi o maior abatedor do dia com 14 abates, seguido de Wanheda, com 12, e Jubinha, com 11.

Veja abaixo como ficou a tabela atualizada da LBFF e clique aqui (sábado domingo) para saber os destaques das quedas.

Veja aqui a tabela atualizada de Estatísticas da LBFF e clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição.

Conheça a LBFF 

Com premiação total de R$ 2,4 milhões, a Liga Brasileira de Free Fire é a competição oficial do Battle Royale mais jogado no Brasil.

A Série A da LBFF 4, elite do torneio, acontece sempre aos sábados e domingos, a partir das 13h, com transmissão ao vivo no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, e na Loading, rede multiplataforma voltada para entretenimento e cultura pop, com transmissão na TV aberta, fechada e simulcast. Para ver a agenda da etapa, clique aqui.

A apresentação fica a cargo da Camilota XP e a narração com Murillo Shooow e Diego Hads. Os comentários são de Luís Folha, do ex-pro player Solotov  e de Maah Lopez, que estreia na LBFF Série A. Para finalizar, Tawna é responsável por trazer informações extras durante as partidas.

Com seis quedas em cada dia de competição, entre os mapas de Bermuda, Kalahari e Purgatório, as partidas seguem o mesmo sistema de pontos corridos de edições passadas, mas com uma quantidade diferente de pontos atribuídos por abate e posição. Saiba mais informações no livro de regras.

Entre as equipes, estreiam nomes como Fluxo, Meta Gaming e Team oNe, que se juntam a B4, Black Dragons, Corinthians Free Fire, Cruzeiro eSports, Flamengo eSports, FURIA, GOD eSports, INTZ, LOUD, paiN Gaming, Vivo Keyd, Red Canids Kalunga, Santos eSports, Team Liquid e SS E-Sports, atual campeã da LBFF, para formar a elite do Free Fire no Brasil na disputa pelo título de campeão da modalidade.

A premiação da LBFF 4 é de R$ 745 mil. O campeão levará R$ 105 mil, enquanto os 2º e 3º colocados ganham R$ 85 mil e R$ 75 mil, respectivamente. As equipes que ficarem entre 4º e 12º lugar ganham R$ 53.333 cada.

Para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF e fique ligado em nosso site oficial e nos perfis no FacebookInstagram e Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *