“Reter a geração Z é complicado ou apenas desafiador?!” – por Kelly Goldoni, CEO da Goldoni Conecta

A geração que não deseja apenas salário, mas empresas que proporcionem vivências, experiência, e uma ruptura de padrões obsoletos

geração Z apesar de nova no mercado determina o atual cenário empresarial, o modelo de profissional recém-saído das universidades, desejando colocar em prática todas as discussões advindas das salas de aula. Detentores de senso crítico apurado, e com ideias “fora da caixa”.

O modelo vertical torna-se obsoleto, um modelo horizontal, sem paredes, proporciona a visão humanizada das relações. Neste processo, onde a proximidade empregado x patrão se constitui, mudam-se os objetivos e interesses profissionais de cada parte que compõe o quebra cabeça chamado organização.

Surge um novo modelo de profissional, que não se interessa por estabilidade, que deseja muito mais que salário, e que deseja ser desafiado para ter energia para desenvolver as suas funções, contribuindo para que tanto a empresa, quanto ele alcance objetivos únicos.

Reter um geração Z requer um espiral de conhecimentos que proporcionem vivências, experiência, e uma ruptura de padrões obsoletos. Para uma nova geração de pessoas, uma nova geração de métodos. Levar em conta as adversidades, e principalmente talento e competência.

Reter a geração Z não é complicado, apenas desafiador. Porque foge da tradicional receita de bolo, praticada há anos, mas que se acrescentarem os novos ingredientes e tecnologias do mercado, ficará tão ou mais saboroso que o bolo da vovó.

A diferença está no carinho, na aproximação, no desejo de agradar e reter. No mundo dos negócios, dê ao seu liderado liberdade com responsabilidade, incentive-o a pensar como dono, invista no seu crescimento e no relacionamento humanizado, sem barreiras, mas com entrega de resultados, e o seu resultado será “GENTE” motivada e feliz, pensando apenas, nas cenas dos próximos capítulos.

Por Kelly Goldoni | Jornalista | CEO @goldoniconecta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *