Sabesp amplia saneamento em Praia Grande e beneficia 800 mil

Ações do programa Onda Limpa e de substituição de redes de esgoto vão garantir mais saúde para moradores e turistas no município

A Sabesp lançou nesta sexta-feira (31) importantes obras para melhoria do sistema de esgoto do município de Praia Grande, beneficiando diretamente os bairros Jd. Princesa, Boqueirão, Canto do Forte, Sítio do Campo e Tupi. Ao todo, incluindo turistas e moradores, os empreendimentos beneficiarão cerca de 800 mil pessoas.

“É uma satisfação para a Sabesp estar aqui e lançar uma obra que vai trazer a melhoria da qualidade das nossas águas costeiras. Agradeço a oportunidade e asseguro que a companhia continua firme no propósito de melhorar a qualidade de vida da população”, destacou o presidente da Sabesp, Benedito Braga.

As obras consistem na implantação de dois sistemas de disposição oceânica: um localizado no bairro Canto do Forte e outro no bairro Tupi. Serão construídas duas estações de pré-condicionamento de esgotos, cerca de 7,2 km de emissários terrestres com diâmetro 1.200mm e prolongamento de 650m de cada emissário submarino.

Durante o evento, o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Marcos Penido, falou da importância dos investimentos para a preservação do meio ambiente.

“A partir do momento que deixamos essa praia limpa, bem cuidada, estamos estimulando o turismo e fazendo com que as pessoas venham e possam frequentar. Estamos cuidando do meio ambiente. Porque cuidar do meio ambiente é cuidar da qualidade de vida. Devemos nos orgulhar de poder hoje participar um pouco de uma revolução do bem. Uma revolução de boa aplicação do dinheiro público. Vendo o dinheiro público sendo revertido, efetivamente, para melhoria da vida das pessoas”, disse.

Para o mês de julho, se houver condições climáticas favoráveis, está previsto o afundamento do primeiro trecho de 650 metros do prolongamento do emissário submarino do Canto do Forte, obra que vai aumentar a distância do lançamento dos efluentes em relação à costa e melhorar sua capacidade de dispersão.

O município também será beneficiado com a ampliação da área de cobertura de coleta de esgotos no bairro Jd. Princesa, com implantação de tubulações de 16,5 km de extensão e 1,7 mil ligações domiciliares.

Os investimentos somados nas ações do programa Onda Limpa, da Sabesp, são de R$ 426 milhões. A Companhia inicia também as obras para remanejamento e substituição de 15 km de redes coletoras de esgotos nos bairros Boqueirão, Canto do Forte e Sítio do Campo, totalizando investimentos de R$ 18 milhões. A previsão é que até 2024, ao todo, serão substituídos 80 km de rede.

“Hoje temos a felicidade de estar lançando obras que vão levar a Praia Grande para outro patamar de saneamento. Podemos perceber o quanto estamos avançando e como isso vai beneficiar o nosso município, que é um destino turístico. Estamos avançando bastante e agradeço à Sabesp pelo empenho. Vamos trabalhar”, finalizou o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão.

Também estiveram presentes no evento o diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente, Edison Airoldi, o diretor de Sistemas Regionais, Ricardo Borsari, e os superintendentes da Baixada Santista, Sérgio Bekerman, e de Gestão do Programa de Recuperação Ambiental da região, José Luiz Salvadori Lorenzi.

Onda Limpa

Considerado o maior programa de saneamento ambiental da costa brasileira, o Onda Limpa vem, desde 2007, ampliando os serviços de coleta e tratamento de esgotos em todos os municípios da Baixada Santista, contribuindo para a melhoria da saúde pública, da balneabilidade das praias e para o incremento do turismo na região.

Na 1ª etapa do programa, de 2007 a 2018, foram investidos cerca de R$ 2 bilhões, aumentando o índice de cobertura com coleta de esgotos de 62% para 82%, na Baixada Santista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.