1win kazino glory-casino pin-up 1win pin-up pin-up
Notícias Corporativas

Brasil registra 612 mil acidentes de trabalho em 2022

Queda da escada, choques elétricos, cortes ao manusear ferramentas perigosas. O Brasil registrou, em 2022 (ano mais recente com dados completos), 612,9 mil notificações de acidentes de trabalho. Trata-se de um aumento de 7% em relação a 2021. As estatísticas são do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho (SmartLab), uma iniciativa conjunta entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Estado mais populoso do Brasil, São Paulo respondeu por 34,6% das notificações, o equivalente a mais de 204 mil casos. Minas Gerais aparece em segundo lugar, com uma participação de 10,8% (63,8 mil) em relação ao total.

Os acidentes de trabalho podem ocorrer nos mais variados setores e atividades, como na indústria. João Luiz, proprietário da Sansei Válvulas (distribuidora de produtos de manutenção industrial), afirma que é indispensável que todos sigam as boas práticas de prevenção.

“A conscientização do problema de segurança é algo muito importante nas indústrias. Grande parte pode ser resolvida com a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), à qual as empresas estão aderindo com mais facilidade e empenho”, avalia Luiz.

A SIPAT, como explica o empresário, é um período do ano em que a empresa desenvolve ações de conscientização, orientação e sensibilização dos seus funcionários em relação às boas práticas de segurança. 

Isso inclui treinamentos, palestras e capacitações feitas internamente, que podem abordar assuntos como importância dos equipamentos de proteção individual (EPIs), ergonomia, técnicas de primeiro socorros, manuseio correto das ferramentas de trabalho ‒ ou seja, tudo que envolve a saúde e a segurança no ambiente laboral.

“É preciso que seja feito um mapeamento de uma forma generalizada, conhecer os riscos, elaborar um plano de ação e monitorar os processos com foco na qualidade de vida dos empregados”, declara Luiz. Ele destaca a necessidade de desenvolver o setor de segurança do trabalho e fazer a manutenção preventiva de todos os equipamentos, válvulas e máquinas. 

Luiz ressalta também a importância, nas indústrias, dos sistemas instrumentados de segurança (SIS), que detectam condições de risco, acionam alarmes e, se necessário for, fazem paradas de emergência nas operações de uma unidade de produção. O objetivo, nesses casos, é evitar incêndios, explosões e outros tipos de acidentes que ameacem os trabalhadores. 

Para saber mais, basta acessar: https://sanseivalvulas.com.br/

1win mexico