Operação combate invasões e construções irregulares no Suarão

HABITAÇÃO – Além de prevenir impactos ambientais, as operações também podem desmascarar pontos de crimes organizados; ação acontecerá em outras regiões

A Prefeitura de Itanhaém realizou na manhã da última sexta-feira (15) mais uma operação de combate às ocupações irregulares. Desta vez, a ação ocorreu em loteamentos localizados na região do Suarão. As secretarias de Habitação; de Serviços e Urbanização; de Obras e Desenvolvimento Urbano; e de Trânsito e Segurança Municipal deflagraram uma ação em consonância com as polícias Ambiental e Militar para demolir construções clandestinas e coibir o avanço de invasões, que, em alguns casos, representam riscos iminentes aos moradores e ao meio ambiente.

As operações contra ocupações irregulares estão sendo intensificadas pela Prefeitura e pelos órgãos do Estado, e serão realizadas em outras regiões. Em meio aos processos, diversos moradores foram notificados e receberam um prazo de cinco dias para que comecem a desmontar suas habitações e nada mais poderá ser construído no local. Se no fim deste período as construções continuarem, acontecerão as demolições sumárias, ou seja, as equipes poderão derrubar toda e qualquer moradia sem aviso prévio.

Além de prevenir impactos ambientais, essas operações também podem desmascarar pontos de crimes organizados, como covis de traficantes e pontos de drogas, impedindo que essas atividades ilegais ocorram na Cidade, levando os criminosos à justiça. Estruturas interminadas ou que não podem servir de moradia e serem derrubadas no ato da ação.

Esses procedimentos ocorrerão continuamente em outras áreas da Cidade para que essas ocupações ilegais possam ser contidas e para manter a segurança dos munícipes. Denúncias de casos desse tipo podem ser feitas pelo telefone (13) 3424-1600, ramal 1296, pelo número de emergência 153, pessoalmente na Secretaria de Obras ou diretamente na Regional mais próxima da residência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.