Praia Grande testa máquina na limpeza da faixa de areia

A ‘bob cat T590’ é o primeiro equipamento deste tipo no Brasil

A Prefeitura de Praia Grande está testando uma moderna máquina com o objetivo de melhorar a limpeza da faixa de areia da orla. A ‘Bobcat T590’ é o primeiro equipamento deste tipo no Brasil. Na prática, o recolhimento de microlixo poderá ser intensificado, gerando, desta forma, benefícios ambientais e também à saúde pública.

Nesta segunda-feira (25), a máquina foi testada nas areias do Bairro Guilhermina. Ao longo de 30 minutos, foram retirados diversos resíduos dispensados de forma irregular pela população na areia. Entre eles estavam: tampas de garrafa, aros de latinhas, canudos, pontas de cigarros e até cotonetes, entre outros.

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, acompanhou a demonstração no Guilhermina. O administrador municipal ressaltou que a Prefeitura tem buscado alternativas para deixar as praias cada vez mais limpas para munícipes e turistas. “A Cidade desenvolve uma série de ações voltadas à limpeza da orla da praia. Apesar de todos os esforços, a sujeira que fica embaixo da areia vai se acumulando ao longo do tempo, como bituca de cigarro, canudinho, tampa de garrafa. Os rastelos grandes não conseguem limpar. Essa máquina tem essa função”, comentou o prefeito.

Máquina – A ‘Bobcat T590’ opera na área de areia fofa e conta com um sistema de peneira vibratória, conhecido fora do País como sand cleaner, que entra na areia e retira a sujeira. Um rastelo finaliza o trabalho.

Por hora, a máquina pode cobrir uma área de até 15 mil metros quadrados. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos de Praia Grande, Katsu Yonamine, que acompanhou também o início dos testes, um equipamento desse tipo tem condições de trabalhar um bairro por dia. “Essa máquina já é utilizada na Itália, Argentina e Estados Unidos’, comentou o dirigente.

Mas os benefícios não param por aí. Outro destaque da utilização da ‘Bobcat T590’ é que ela desencadeia um processo denominado ‘areação’. Assim que a areia da praia é peneirada, ela ganha em oxigenação, o que acaba por matar fungos e bactérias existentes, prevenindo com isso doenças como, por exemplo, o popular ‘bicho geográfico’.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.