Festival de Inverno de Campos do Jordão aguarda 150 mil turistas

Além da programação cultural, cidade tem outros atrativos; 50ª edição do evento começa neste sábado e vai até 28 de julho

Campos do Jordão, a 181 km da capital paulista, é um dos principais destinos de inverno do país. Além do clima ameno da Serra da Mantiqueira, o turista também tem diversas atrações para aproveitar a cidade e a região.

Destaque para o Festival Internacional de Inverno da cidade que, neste ano de 2019, chega em sua 50ª edição e espera receber 150 mil pessoas à Serra da Mantiqueira.

A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo destacou alguns dos atrativos que tornam a visita a Campos do Jordão, também conhecida como “Suíça brasileira”, ainda mais agradável. Confira:

Capivari

É o principal endereço turístico de Campos do Jordão. Ponto de encontro dos turistas, o local representa o glamour da “Suíça brasileira” e abriga bares e restaurantes em meio às construções com arquitetura europeia.

O turista também pode aproveitar o local para comprar malhas e as tradicionais chocolatarias da cidade. Além disso, na temporada de inverno o Capivari fica ainda mais atraente com os constantes espetáculos e apresentações culturais na concha acústica da praça.

Teleférico

Ainda no Capivari, o turista pode apreciar a vista e o clima de Campos do Jordão em um passeio de teleférico. Do alto do Morro do Elefante, para onde o turista é levado, ele encontra uma das vistas mais bonitas de Campos do Jordão.

Operado pela Estrada de Ferro Campos do Jordão, o teleférico foi o primeiro construído do Brasil – inaugurado em 1970 – e tem percurso de 560 metros em um passeio que leva cerca de cinco minutos.

Bondinho

Os bondinhos estão entre as atrações mais procuradas de Campos do Jordão. O turista pode optar por dois roteiros: entre as estações Emílio Ribas e Abernéssia ou entre a estação Emílio Ribas e a parada no Portal.

Na primeira delas, partindo do Capivari, o turista percorre a parte mais movimentada de Campos do Jordão e vai até a Abernéssia, um dos bairros mais tradicionais e com muita história sobre a construção da cidade. O bonde retorna até o ponto de origem. O tempo estimado de percurso é de 30 minutos.

O segundo percurso é feito nos bondes vermelhos e amarelos, marcas registradas de Campos do Jordão. Eles saem da estação Emílio Ribas, atravessam a cidade, e seguem até o portal na entrada da cidade. O trajeto leva 1h.

Auditório Cláudio Santoro

Inaugurado em 1979, o Auditório Cláudio Santoro é palco para concertos de música clássica e espetáculos de dança e teatro. O espaço tem capacidade para receber 814 pessoas. Além dos espetáculos, o auditório conta ainda com um atrativo ao ar livre: o Museu Felícia Leirner, com esculturas da artista.

Palácio Boa Vista

O Palácio Boa Vista, do Governo do Estado de São Paulo, foi construído entre 1938 e 1964 e se transformou em um centro cultural na década de 1970. O local é uma das residências oficiais dos governadores paulistas.

A arquitetura lembra um palácio da era medieval, além de abrigar um grande acervo artístico e cultural, como mobiliários dos séculos 17 e 18, antiguidades, esculturas, peças decorativas, objetos religiosos, e obras de artistas contemporâneos, como Tarsila de Amaral, Anita Malfatti, Aldo Bonadei e Di Cavalcanti.

Morro do Elefante

Do alto do Morro do Elefante, o turista pode apreciar uma das vistas mais bonitas de Campos do Jordão. O pico fica a 1.800 metros de altitude e oferece uma vista panorâmica de Campos do Jordão, especialmente da Vila Capivari. O nome do local se dá pela semelhança da formação do morro com a tromba de um elefante.

O acesso ao Morro do Elefante pode ser feito de teleférico ou de carro, por uma estrada pavimentada.

Amantikir

O Parque Amantikir Garden reúne jardins de várias partes do mundo em meio à natureza da Serra da Mantiqueira. No espaço, são representados 28 jardins, inspirados em 14 países diferentes e com mais de 700 espécies de plantas.

São 60 mil metros de área e cerca de 2,5 km de percurso em trilhas pavimentadas. Além dos variados jardins, o parque tem como atração o labirinto clássico (com 450 metros de área e paredes de 2,2 metros), o labirinto de grama e uma casa na árvore.

Tarundu

O Tarundu reúne mais de 33 atividades em meio à natureza de Campos do Jordão. O turista pode aproveitar o dia e praticar atividades como tirolesa, arborismo, muro de escalada, arco e flecha, patinação no gelo, passeios a cavalo e aulas com instrutor, mini-buggy, mini-golf, cama elástica, entre outros. O parque funciona das 10h às 17h30 – em julho o horário se estende até as 20h.

Horto Florestal

O Horto Florestal é uma opção de lazer para quem gosta de curtir a natureza. São 8.300 hectares de natureza preservada, com araucárias centenárias, trilhas para caminhadas, fauna diversificada e áreas de piquenique. O local funciona todos os dias das 9h às 17h.

Festival de Inverno

50º Festival de Inverno de Campos do Jordão começa neste sábado (29), com programação reformulada. As atrações neste ano vão de música erudita a pop – com apresentações de Carlinhos Brown, Lenine, Fafá de Belém, Toquinho e Diogo Nogueira.

As apresentações do festival vão ocorrer em igrejas, capelas, auditórios e na Praça do Capivari. As mais de 100 atrações, sendo a maioria gratuitas, vão até o dia 28 de julho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.