Anjos Colchões & Sofás cresce em meio a pandemia e inova em projeto de expansão para chegar a 500 lojas nos próximos anos

A meta era ousada, mas o setor esquentou ao longo do último ano e os resultados mais recentes dão conta que a franquia chegará ao patamar almejado

O projeto inovador de loja somado a qualidade dos produtos e o crescimento do setor de Casa e Construção foram fatores que, para a rede Anjos Colchões & Sofás, foram determinantes para os resultados conquistados nos últimos 12 meses. Com cerca de 130 lojas operando em 14 estados brasileiros, sendo cinco no Paraguai, a rede vendeu neste período 100 novas unidades, que devem abrir nos próximos meses, e aposta agora em um novo direcionamento do plano de expansão, focado em shopping centers. Com os esforços, a meta é chegar às 500 lojas até 2025, que deve ser alcançada pelo ritmo que a franquia impôs à estratégia de expansão.

“Tomamos uma série de ações nos últimos anos que nos trouxeram onde estamos hoje. Mais do que investir em layout de loja, também apostamos na capacitação de toda a equipe, desde a fábrica até os novos franqueados que ingressam na rede. É um trabalho amplo e que não traz resultados tão imediatos, mas que, a médio e longo prazo, entendemos sua importância”, explica Leonardo dos Anjos, diretor de franquias da rede. É sob sua gestão que, diante do cenário pandêmico, as estratégias foram adaptadas e um novo direcionamento foi dado ao plano de expansão. 

“Visualizamos um novo nicho, o de shopping center. Ainda há uma certa cautela da população com ambientes fechados, mas conforme a vacinação avança e o varejo vai reabrindo, o fluxo tende a se normalizar. Estes estabelecimentos reúnem uma variedade de serviços e produtos, o que é prático para o cidadão e, portanto, estar presente nestes locais pode se tornar vantajoso. É agora o momento mais oportuno para negociar, já que existe uma vacância maior do setor”, explica o diretor. Para dar conta desta nova empreitada, a rede está desenvolvendo um projeto mais tecnológico, capaz de apresentar o máximo de produtos em um espaço menor, sem perder o requinte da qual a rede é conhecida. 

A estreia já ocorreu -atualmente estão presentes em shoppings de Cascavel (PR), Rio de Janeiro e Sinop (MT), mas já tem outras previstas, como em Três Lagoas (MS) e Presidente Prudente (SP), que devem se unir às demais unidades vendidas no último ano. E foi neste período também que a rede apostou no digital e surfou junto com o crescimento do setor de Casa e Construção. Estruturou rapidamente os canais digitais e deu vazão às vendas dos franqueados, que levou a patamares recordes de vendas com 93%, 56% e 89% de aumento se comparado com o mesmo período do ano anterior. 

Com as lojas de portas fechadas, mas vendendo via aplicativos móveis, a rede se fortaleceu ainda mais e despontou com a venda de franquias nesse período. O ritmo seguiu acelerado e se manteve em 2021, sobretudo no primeiro trimestre, devido ao comparativo com a época pré-pandemia, e chegou aos valores de 110%, 119% e 240%, respectivamente. E mesmo em junho, fazendo frente ao melhor mês da franqueadora em 2020, o valor superou a expectativa e cresceu mais 41%, reflexo das estratégias que se consolidaram ao longo dos últimos meses. Com ainda mais cinco meses pela frente, a meta é manter o ritmo e chegar até o fim do ano com 200 lojas em operação e 300 lojas vendidas. 

Sobre a Anjos Colchões

Fundada no Paraná em 1990, a Anjos Colchões começou suas atividades com produção de estofados e apenas quatro funcionários. Em 2001 incorporou mais dois braços de negócios e estruturou um complexo que atende hoje padrões e normas internacionais de qualidade e segurança, gerando mais de 500 empregos diretos e 1800 indiretos. Em 2007, foi criada a Anjos Franchising, projeto que deu início a Rede Franquias Anjos Colchões & Sofás, que atualmente conta com mais de 130 lojas e está presente em 14 estados brasileiros, com cinco unidades no Paraguai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.